Mensagens

2 Coríntios 11.13: Pois tais pessoas são falsos apóstolos, falsos pastores, obreiros enganosos, fingindo-se Mensageiros e servos de  Cristo.



ARQUITETURA DE UM CRIME

Flordelis vira ré pela morte do marido e investigação revela tramas macabras (Jornal O Globo 28/08/20).

Não se trata bem de uma família, mas de uma organização criminosa. Descobrimos que toda aquela imagem altruísta, de decência era apenas um enredo para ela alcançar objetivos financeiros e a projeção política. Com essa declaração o Delegado do caso justificou uma denúncia contra a deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD-RJ), formalmente acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o Pastor Anderson dos Santos do Carmo, em junho do ano passado.  De acordo com Polícia Civil e Ministério Publico do RJ, por trás do enredo montado por Flordelis que também é Pastora Evangélica, havia uma trama de traições, sexo, rituais de magia negra e até “rachadinhas”- desvios salários funcionários de parlamentares. Flordelis e Anderson tinham 55 filhos, a maioria adotivos. O próprio pastor havia sido adotado pela deputada, e chegou a ser tratado como genro, quando namorou uma de suas filhas. Segundo os investigadores, ele controlava a famíla com mão de ferro, tomando conta de tudo, da partilha dos alimentos às finanças e ainda administrava a igreja fundada pelo casal. Que até 2019 tinha oito (8) templos. Morto com mais de 30 tiros na garagem de casa, em Pendotiba, Niterói, Anderson era odiado por parte dos filhos e pela mulher, e foi alvo de oito tentativas frustadas de assassinato, inclusive envenenamento, sendo hospitalizado cinco vezes. A família tentou esconder as evidências dos crimes, segundo a polícia, e fez uma fogueira no quintal da casa para destruir provas. Mas, pouco a pouco os indícios apareceram ao longo de um ano e dois meses de investigação. O revólver usado na execução estava em cima do armário de Flávio, filho que admitiu ser o autor dos disparos. Outras confissões e contadições em depoimentos também resultaram em provas, assim como mensagens de celulares que revelaram os planos criminosos. Numa das mensagens descobertas por policiais e promotores, Flordelis escreveu a um dos filhos “André, pelo amor de deus, vamos por um fim nisso”. Me ajuda. Cara tô pedindo, implorando. Até quando vamos ter que suportar esse traste no nosso meio? Um comentário. O deus referido por Flordelis não se refere ao Deus Altísissimo, e sim ao diabo o deus deste mundo 2 Coríntios 4.4: Ainda a respeito: 1 João 3.10:A diferença clara  que existe entre os filhos de Deus e os filhos do Diabo é esta: quem não faz o que é correto ou não ama o seu irmão não é filho de Deus. Em frente: Numa outra conversa, Marzy, uma das filhas, incitou o irmão Lucas a matar o pastor por R$ 10 mil. Por seis vezes, tentaram envenenar

Anderson com arsênico. Investigadores comprovaram que duas filhas fizeram pesquisas na internet sobre venenos que teriam sido colocados em sucos e pratos servidos a Anderson, misturados a porções de feijão, a molho de macarrão e a sobremesas. O pastor (?) Anderson foi internado cinco vezes com problemas digestivos. Numa mensagem de celular, uma das autoras da tentativia de homicídio lamentou: “Ele é ruim de morrer”. A família ainda tentou forjar dois latrocínios (roubo seguido de morte). O último resultou na morte de Anderson. Em um recado enviado aos filhos, Flordelis se justificou sobre o plano de execução. “Fazer o quê?” Separar não posso, porque ia escandalizar o Nome de Deus, escreveu a pastora e cantora gospel.De acordo com a Polícia Civil e o Ministério Público, parte do grupo participava de orgias comdeputada e pastor. Além disso, alguns participavam de rituais secretos, tendo braços na atuação parlamentar, dentro do gabinete em Brasília. Esses eram obrigados fazer “rachadinha”devolvendo parte seus salários a Flordelis. Religião X política não é certo.

CRIME SOB A PROTEÇÃO DE FORO PRIVELIGIADO. Ainda que esteja indiciada pela Polícia Civil por homicídio triplamente qualificado pela morte do marido, a deputada Flordelis não pode ser presa agora, pois desde 1988 a Constituição Federal dá imunidade a parlamentares. Ela só poderia ser presa se fosse pega cometendo crime. Como não houve flagrante Flordelis, só poderá ser presa depois de condenação judicial.

COMO PODEMOS FALAR ESPIRITUALMENTE DESSE CASO?

Flordelis sua família nem ao menos eram crentes genuínos, eram crentes de fachada, eram instrumentos de Satanás, para ferir e enganar a igreja. Fachada também pode ser um termo usado para descrever um negócio que serve para encobrir uma determinada atividade ilícita. Muitas organizações criminosas usam certos negócios como uma fachada para lavagem de dinheiro.“... “Falsos pastores, falsos apóstolos”...”. Flordelis e seu marido Anderson, não tinham o direito de se intitularem autênticos ministros de Cristo, e muito menos ainda de enviados especiais de Deus, porquanto exerciam influências nocivas sobre suasigrejas locais; ficando evidente que o Espírito de Deus e o Senhor Jesus Cristo não tinham em como participar de suas vidas em face presença de espíritos demoníacos. Romanos 8.7-9: Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade o pode ser. Portanto, o casal não se ocupava em agradar a Deus e sim aos seus interesses financeiros. Não estavam de acordo com seus espíritos humanos, estavam agindo para satisfazer os prazeres pessoais, da carne, então ficou claro que o Espírito de Deus não habitava neles, e como não tinham o Espírito de Cristo, possuiam o espírito do diabo.

Sim, o casal em questão não possuiam as qualificações espirituais, os dons espirituais, que os identificariam como pessoas especialmente equipadas por Cristo para ocuparem uma missão espiritual.  Os falsos ministros, são pessoas de personalidade atraente, são encantadores, além de serem inteligentes. Esses falsos pastores eram desonestos em seus motivos e ações, destrutivos em sua influência. Seus trabalhos não eram os frutos pacíficos da justiça, e, sim, contendas, divisões e má vontade no seio igreja; fraudulentos, enganadores, traiçoeiros. Fingiam representar a Cristo, e assim iludiam a igreja, visto que pregavam a outro Jesus, anunciavam a outro evangelho, servindo somente a seus próprios interesses, não ao bem-estar da comunidade cristã. Falava de Cristo em palavras vazias de espiritualidade, uma transformação superficial, em que não assumiam a verdadeira forma genuína de representantes de Cristo, mas somente assumiam de forma parecida, afim de melhor enganarem o povo. Disfarçavam! Satanás também se disfarça em anjo de luz assumindo as atitudes próprias. Esses “pastores” eram pessoas de roupas, sim portavam a Bíblia em suas mãos, não possuindo a realidade que o disfarçe pretendia dar-lhes. É lamentável a situação das igrejas.

A “pastora” Flordelis foi denunciada homicídio triplamente qualificado.

“A “pastora” diz que encontraria um jeito, uma saída. Fazer mais o quê? Já que separar eu não posso, pois iria escandalizar o Nome de Deus. Isso não.” “sic”

“... SÃO DA SINAGOGA DE SATANÁS...”

Lucas 4.16: Sinagoga era local simples, uma espécie de casa que recebia as pessoas para ensinamentos do Evangelho de Cristo, e adorar cultuar a Deus.No início do cristianismo, as sinagogas serviram como locais de propagação da Palavra de Jesus e dos apóstolos.As sinagogas acabaram também servindo como “molde” adotado pelas primeiras igrejas cristãs em sua organização e forma de culto, persistindo até hoje. É lamentável a descoberta do que havia nessas igrejas “Flordelis”: o que podemos “ler nas entrelinhas” dos noticiários da Trama Macabra, é que as igrejas e adoções de pessoas não passavam de engodo – comportamento repleto falsidade e desenvolvido para enganar, cilada, engano.1 Timóteo 6.10: Pois o amor ao dinheiro é o primeiro passo em direção a todos os tipos de pecado. Algumas pessoas até voltaram as costas a Deus por causa do amor ao dinheiro e, como resultado, afligiram a si mesmas com muitos sofrimentos.

1 Timóteo 4.1: OEspírito Santo diz claramente que nos últimos tempos, alguns na igreja se desviarião de Cristo tornando-se zelosos seguidores de espíritos enganadores acompanhado de doutrinas de demônios.

2 Coríntios 11.14: Nada que nos possa surpreenderno caso dospastores Flordelis e Anderson e os de sua casa: Não é de admirar, porquanto o próprio Satanás e seus servostambém se transformam em anjos de luz.

Nada havia de admirável no disfarce dos falsos pastores, nada incomum; tudo estava de conformidade com o que se poderia esperar deles, e até a morte do pastor pela “família” fazia parte do quadro, que manifestou a real situação da igreja, visto que o senhor deles, Satanás, sempre foi muito hábil nessas transformações meramente externas, a fim de iludir às pessoas e piorar o estado de suas almas. Conforme um dito popular: “Tal mestre, tal aluno”. Satanás é o grande professor do engano, o principal obreiro da destrição, o impostor, o causador por excelência de divisões e partidos, ódio, invejas, emulações e ambições exageradas.

Jornal O Dia 25/08/2020.

O homicídio foi cometido por motivo torpe, vingança, em razão da vítima manter controle das finanças da família

A denúncia do M.P.R.J. Acusando a deputada Flordelis como a mandante da morte do marido Anderson, virou um problema político, em um ano eleitoral para o PSD. A primeira medida foi suspender a parlamentar e dar início à preparação para sua expulsão, conforme os desdobramentos do processo na Justiça. A investigação do MP garante que ela teria agido “livre e conscientemente em comunhão com o executor do crime e com os demais participantes denunciados e concorreu de forma eficaz para o crime de homicídio contra a vítima”. Ela não só arquitetou como ordenou incentivou e convenceu o executor direto e os denunciados a participar do homicídio, sob simulação de se tratar de crime de latrocínio e, ainda financiou a compra da arma usada e avisou da chegada da vítima ao local em que seria executada. O PIOR: “O             homicídio foi cometido por motivo torpe, vingança vil e desprezível, em razão da vítima manter rigorosocontrole das finanças do grupo familiar e administrar os conflitos da casa de forma rígida, não permitindo que houvesse tratamento privilegiado das pessoas mais próximas a Flordelis e ora denunciados, em detrimento dos outros membros da numerosa família.

QUESTÕES ESPIRITUAIS A SEREM OBSERVADAS

A narrativa acima procura mostrar qual é o plano gral da maldade, como o diabo, seus servos humanos e seus demónios, influenciam as pessoas, induzindo-as a promoverem a perversidade, o homicídio. Fica claro que

todos os participantes mostraram que o pai espiritual deles é o Diabo.            

João 8.44.a: Eles são filhos de Satanás e faziam o que o pai deles determinava fazer. As páginas do N.T. por toda a parte dão a entender a existênciadum ser vivo e pessoal chamado “diabo” e “Satanás”, o inimigo do bem e das almas dos homens, o arquiinimigo de Deus. Satanás e seus demônios estão 1 Pedro 5.8-9: estão ao redor dos homens, observando-os procurando oportunidades para prática da maldade. Essas realidades demoníacas não acontecem de uma hora para outra. Há um estudo, há um planejamento para os demônios conceberem com êxito o seu plano e, nisso podemos observar a trama arquitetada por um período tão longo.

Não pense o homem que ele está livre do assédio do diabo e demônios e, havendo uma ocasião propícia, eles aparecem em razão da oportunidade, do momento, da situação. Exemplo? Como umagrande afluência de público para um determinado lugar, numa dessas “baladas pop” queacontecem no Rio de Janeiro! Nada contra!Derepente aconteceu! Exemplo? Uma discussão, desentendimento, briga alteração de ânimos das pessoas e assim a condição espiritual aparece; incentivando espíritos chamados demônos de atiçar, estimular, incentivar exatamente aquelas pessoas que estão armadas para praticar um desfecho violento a que ninguém foi convidado participar, quanto mais inocentes morrerem pela ação de pessoas que agem de modo inconsequente, sem ter bom senso das suas atitudes. Os demônios raciocinam, são hábeis representantes do diabo para desempenhar funções: João 10.10.a: matar roubar e destruir.Assim, quando o diabo se apresenta como ministro de luz, em imitação a Deus, que é Luz, ele realmente acredita que é ministro do bem, e que deve ser preferido pelas pessoas acima de Deus. Outro tanto sucede no caso de seus representantes. Julgam-se elementos bons, causas boas, como se estivessem ensinando aos homens o caminho da verdade , mas na realidade, nem são tais e nem fazem esse tipo de trabalho. O caso Flordelis reflete muito dessa “luz enganosa”: agiam como pessoas dirigidas pelo Espírito de Deus, como que acreditassem pelas narrativas resolverem seus perversos motivos de ódio contra o pastor como uma realidade à luz da Palavra de Deus. Mais, antes, por serem enganadores, foram vítimas de si mesmas. Infelizmente a bancada da igreja, nesse tempo todo, não ouviram as advertências do Espírito de Deus, estarem sendo dirigidos por falsos pastores. Está escrito! Não destes ouvidos às respostas de suas próprias orações? Romanos 8.14: Porque as pessoas que são guiadas pelo Espírito esses são filhos de Deus. 1 Coríntios 6.19: Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus e que não sois de vós mesmos. As trevas são o símbolo do mal, e esse conceito caracteriza a Satanás, bem como seu caráter e sua atuação. Satanás assume o caráter de alguém que se encontra do lado errado, nesse conflito universal entre o certo e o errado, entre a luz e as trevas. Certamente, hoje o mundo está repleto de seus enganos e imitações espirituais, e em nada nos ajuda pensarmos que as igrejas evangélicas estão livres de tais ministros corrompidos, auxiliados por Satanás ou por algum de seus ministros das trevas. UM ANJO DE LUZ: Muitas organizações religiosas realmente pertencem a Satanás, até mesmo proferindo e usando o Nome de Cristo.

Sentado sua poltrona, assistindo programas cristãos, percebe-se várias contradições do que estão sendo ditas nas pregrações desses falsos pastores, com as Palavras ditas por Deus, e os servos ouvintes não se dão conta de que estão sendo enganados, “acredito no pastor pra que abrir e conferir na Biblia”.  Satanás pode iludir os homens com declarações de extraordinária iluminação, elevados afetos, verdades aparentemente evangélicas, santidade, morte para o mundo, austeridade, sublimidade de devoção, além de vários outros métodos, a fim de que assim possa ocultar ou desfazer de toda a religião de Cristo, levando os homens a absurdos e extravagâncias, levando-os a negligenciar a clara regra que há na Palavra escrita, transformando as pessoas em simples entusiastas.

2 Coríntios 11.15.a: Não é de admirar que os seus servos humanos possam fazer o mesmo,disfarçando-se deministros, bispos e pastores do Senhor Deus.

É o natural de muitas pessoas fazerem da religião um negócio como outro qualquer. E, negócio muito lucrativo! Então, não é estranho que os agentes humanos de Satanás enganem a outros por praticarem elevada piedade, visto que o próprio Satanás se apresenta como elevadíssimo anjo de luz. Os pastores Flordelis e Anderson chamavam Jesus Cristo de Senhor profetizando em seu Nome, expulsavam demônios, fazendo maravilhas em seu “nome”: em suma pareciam cristãos, mas eram falsos, pois os poderes de que se utilizavam vinham de Satanás através do anticristo.

É nos revelado aqui que existem pessoas como estas. Andam por toda a parte usando o nome de Cristo não pertencendo ao Senhor Jesus; imitando com perfeição os dons espirituais, profetizado mentiras, fazendo falsos milagres, “e em teu nome não expulsamos demônios”, mas, devemos ter a capacidade espiritual de entender que todas essas realidades espirituaissão inspiradas por Satanás através de pessoas cristãs, pastores, Lucas 11.24.26: Pessoas dominadas por possessão demoníacas, que estão nas igrejas, que não pregam ou seguem a Cristo de acordo com o Evangelho. O Senhor Jesus nos faz lembrar que não basta ser seguidor Dele apenasda boca para fora; o importante é fazer a vontade de Deus. Quem entra no Reino de Deus? Medite atentamente em Mateus 7.21-23: Temos que colher aquilo que semeamos. Temos que estar atentos àquilo que nos é ensinado, verificando como o Senhor Deus nos ensina, é o que devemos avaliar atentamente. Receberemos aquilo que tivermos feito, de bom ou de mau, de conformidade com o Trecho de 2 Coríntios 5.10:

Casa de Flordelis tinha rituais secretos com nudez, sexo e até sangue, revela testemunha.
O pastor Anderson ao lado de Flordelis Foto: ReproduçãoCarolina Heringer.

Uma rotina que envolvia rituais secretos com uso de sangue, nudez e que até mesmo sexo foi revelado à Polícia Civil do Rio por um homem que morou na casa da deputada federal Flordelisdos Santos de Souza (PSD) durante cinco anos, no fim dos anos 90. A testemunha, que foi ouvida no inquérito que apura a morte do pastor Anderson do Carmo, afirmou considerar que participava de uma verdadeira seita e revelou que chegou a manter relações sexuais com a parlamentar. O EXTRA teve acesso ao depoimento, que ocorreu no dia 2 de setembro do ano passado na Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí O homem contou à polícia que conheceu Flordelis em 1995, quando participava de um grupo de orações no Lote Quinze, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ele afirma que a deputada o convidou a participar do grupo de orações em sua casa, à época no Rio Comprido, Zona Norte do Rio. Ele logo passou a também residir no local. Naquela época, o pastor Anderson também já integrava a família.

Ritual de purificação com sexo

A testemunha contou aos investigadores da DH que ao chegar na casa teve que fazer um “ritual de purificação”, sendo obrigado a ficar isolado em um quarto durante sete dias. Nesse período, tinha que vestir roupas brancas e alimentava-se apenas de arroz e legumes. Ele relatou que no período ficava com uma bíblia, rezando, e recebia visitas de algumas pessoas da casa, consideradas por ele um grupo mais seleto, que participava de rituais secretos.O homem contou que em determinado dia, dentro do período de isolamento, Flordelis foi sozinha ao quarto onde ele estava e eles fizeram sexo. Segundo o homem, depois daquele dia, ele e a deputada transaram outras vezes.“O declarante se recorda que aquilo lhe causou um efeito como se fosse mágico, pois considerava que havia tido relações praticamente com um ser divino, pois era assim que Flordelis se apresentava”, diz trecho do depoimento.O antigo morador da casa de Flordelis não deixa claro se naquele momento já existia um envolvimento amoroso entre Anderson e a deputada. Ele cita que o pastor era uma espécie de guardião de Flordelis. Em sua biografia, a pastora afirma ter começado a namorar com Anderson em 1993.
Sangue para escrever salmo

O homem ainda relatou aos policiais que presenciou a realização de um ritual no qual Flordelis solicitou a alguns filhos que cortassem a mão com uma pequena faca e escrevessem com o sangue salmos da Bíblia. Naquela época, segundo a testemunha, a pastora abrigava cerca de 30 crianças em sua casa e os mais velhos ajudavam a cuidar dos menores e a fazer as tarefas domésticas.A testemunha relembrou ainda um ritual, segundo ela feito por um dos filhos afetivos de Flordelis, Alexander Felipe Matos Mendes, conhecido na família como Luan, a mando da mãe. O rapaz teria colocado a foto do empresário Pedro Werneck em cima de uma maçã com fitas coloridas, sendo jogado mel por cima. O ritual tinha o objetivo de iluminar Pedro para ele conseguir algo para o grupo. O empresário ajudou financeiramente a família de Flordelis até poucos anos atrás.

Ritual com pastor nu

O homem ainda revelou à políciaque em certa ocasião, quando a família se mudou para uma casa em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, teve autorização para participar de um ritual no qual antes sua participação era vetada. Segundo ele, na ocasião o pastor Anderson ficou pelado, no centro de um círculo feito a giz. Flordelis então iniciou uma espécie de reza ou manta, no qual oferecia Anderson como oferenda.Logo que chegou à casa, o homem afirma já ter notado que o pastor Anderson era uma figura central na família. Ele relata que logo após sua chegada houve uma reunião na qual o pastor afirmou que todos do grupo seleto do qual ele passou a fazer parte eram “anjos caídos” e Flordelis estava ali para recuperá-los. Anderson prosseguiu dizendo que Flordelis era, na realidade, um querubim de nome Queturiene, mas aquele assunto era reservado e restrito a um grupo da casa.Afirmando que todos do grupo restrito eram anjos que ela estaria salvando, Flordelis colocou nomes em todos. Anderson do Carmo era Daniel ou Niel, Carlos Ubiraci era Rubem, Wagner Andrade Pimenta passou a ser Misael e Alexander, Luan. Misael, Luan e Carlos são filhos afetivos de Flordelis e passaram a conviver com a pastora ainda na favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio. Os dois primeiros romperam com a mãe após morte do pastor Anderson.O Ministério Público estadual recebeu informações anônimas das práticas que existiam na casa de Flordelis no Jacarezinho. Em duas delas, as denúncias eram de que a deputada fazia rituais de magia negra. As informações foram encaminhadas para a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá.

Acusações graves

A testemunha que narrou os rituais secretos à DH ainda fez sérias acusações contra os pastores. O homem contou que após uma adolescente ter recém-chegado na casa da pastora, Anderson pediu a Flordelis autorização para se relacionar sexualmente com a jovem. “Diz que Flordelis autorizou e de fato ocorreu por vezes. No entanto, a jovem não gostava dessa situação, mas obedecia ao que era determinado por Flordelis”, diz trecho do depoimento. O homem ainda relatou que Flordelis recebia pastores estrangeiros em sua casa e uma das filhas era oferecida sexualmente para eles. Em 2000, quando já namorava a atual esposa, o homem resolveu sair da casa de Flordelis. Ele contou à polícia que quando a sua mulher teve conhecimento do que ocorria na casa da deputada, fez uma denúncia à Convenção de Ministros das Assembleias de Deus do Estado do Rio.O homem também contou aos policiais que recentemente foi diagnosticado com transtorno de personalidade esquizofrênica e toma medicamentos. O homem contou que a doença não chegou a se manifestar ou lhe incomodar em épocas anteriores.Procurada pelo EXTRA, Flordelis afirmou que a testemunha deveria provar as acusações que estava fazendo:Isso é algo que responderei a ele judicialmente. Ele terá que provar o que ele fala porque são coisas muito graves e sérias que ele fala.

Rituais com sexo e idas a casas de swing: Relembre os detalhes da vida de Flordelis revelados por testemunhas

Pessoas que viveram na casa ou frequentaram a igreja da pastora expuseram lado desconhecido da família.

O Globo11/09/2020 - 05:53 Já outra testemunha, que frequentou uma das igrejas de Flordelis, contou aos investigadores da DH ter ficado sabendo que Flordelis e Anderson, além de dois filhos do casal, frequentavam uma casa de swing na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A fiel afirmou que soube da informação em 2007, ao levar sua supervisora a um culto no Ministério Flordelis. Ela relatou à polícia que ao ver a deputada e pastora, sua amiga ficou surpresa e comentou que Flordelis frequentava a mesma casa de swing que ela. Flordelis atraía fieis: Outro homem que frequentava a igreja de Flordelis e a casa da família fez outras revelações surpreendentes. A testemunha de 48 anos contou aos investigadores que era “obreiro” da igreja na época em que ela funcionava no bairro do Rocha, na Zona Norte, e também frequentava a casa de Flordelis. Segundo o depoimento, depois de um tempo convivendo com a família, ele passou a perceber o que chamou de atividade incomum, “na quais pessoas que frequentavam os cultos eram atraídas para a casa” para se relacionar sexualmente com a pastora e deputada. Na época, Flordelis e o pastor Anderson já eram casados.A testemunha cita um casal como exemplo e diz que o homem fez sexo com a deputada. “O próprio declarante acredita ter sido atraído inicialmente com esse propósito”, diz o depoimento do homem, ao qual o EXTRA teve acesso. Ele relata ter sido seduzido por Flordelis em duas ocasiões, mas nega que tenha mantido relações sexuais com ela. O homem descreveu que numa ocasião, durante uma viagem para uma reunião de pastores, foi convencido por Anderson a ficar no mesmo quarto do que Flordelis. Segundo a testemunha, a pastora se “insinuou sutilmente para ele”. O homem relembra ainda outra situação, ocorrida durante um retiro espiritual, na qual Flordelis afirmou que teve uma visão de que ele amava mais sua própria mulher do que ela o amava. A partir de então, ele afirma ter começado a se afastar da família. Casa tinha troca de casais. Os depoimentos dados à polícia no inquérito que investiga a morte do pastor Anderson ainda expuseram episódios de traições, relacionamentos amorosos entre irmãos e até mesmo troca de casais dentro da família. Uma das filhas adotivas de Flordelis, Erica dos Santos de Souza, em seu depoimento, foi questionada pelos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo se havia presenciado envolvimento entre as pessoas que moram na casa. Ela relatou que Adriano dos Santos, filho biológico apenas de Flordelis, se relacionou amorosamente com duas irmãs adotivas - Nylaine e Lorrana, quando já namorava com Marcele, sua atual esposa.Erica também contou que Simone dos Santos, também filha biológica apenas de Flordelis, se envolveu com Alexandre Freire, que é filho adotivo. Simone, de acordo com depoimento de Maria Edna do Carmo, mãe do pastor Anderson, namorou, ainda no início dos anos 90, com o filho. Segundo relato de Edna, pouco tempo depois, Anderson “largou” Simone para ficar com Flordelis.No depoimento dado à polícia, Erica também contou que dois irmãos adotivos - Iago e Francine, se envolveram,mas saíram da casa para assumir o relacionamento, “porque Anderson e Flordelis não permitiam esse comportamento dentro de casa”.Além dos relacionamentos citados nos depoimentos, pelo menos outros dois casais já se formaram na família de Flordelis. Os pastores CarlosUbiraci e Cristiane - ambos filhos adotivos de Flordelis - são casados e moram no terreno da casa da família, em Pendotiba. Eles fizeram uma construção anexa à residência, onde vivem. O casal tem uma filha biológica, Raquel, e uma adotiva, Rebeca. Eles também são considerados pais por Roberta de Souza, que foi acolhida por Flordelis em sua casa, ainda no Jacarezinho, mas quem a criou foi Carlos e Cristiane.A própria Simone já foi casada com André Luiz de Oliveira, conhecido como Bigode, também filho adotivo. Juntos, tiveram três filhos biológicos - Lorrane, Ramon e Rafaela.O casal também criou como filha Raiane, a primeira criança pega por Flordelis para criar. De acordo com os relatos da pastora, Raiane foi encontrada numa lixeira na Central do Brasil.

MATEUS 15.8-9: 8 “Deus diz: Este povo com a sua boca diz que me respeita, mas na verdade o seu coração está longe de mim. 9 A adoração deste povo é inútil, pois eles ensinam leis humanas como se fossem meus mandamentos.O cristianismo que não envolve o ser espiritual ou caráter íntimo do homem dificilmente pode ser aprovado por Deus. Realmente o cristão autêntico requer que o homem inteiro seja envolvido, porque não pode ser separada de sua vida, mas é a sua própria vida. Antes de tudo o homem é um ser espiritual. A verdadeira religião fala sobre o destino e do alvo dessa pessoa, e isso é o que realmente importa. A alma que não reconhece esse tipo de fé ou religião continua cultuando as trevas e não está caminhando pela estrada que conduz de volta a Deus. A religião daquelas autoridades religiosas mencionadas nesta mensagem, não incluia a base apropriada daquilo que meramente proferiam com seus lábios, se, até assim o fossem. “... em vão me adoram...”. Não tinha fruto a adoraçãodaquelas pessoas, isto é, não havia resultado moral nem fundamento legítimo. Sua adoração era vazia, pois, embora fossem pregadas pelos membros da igreja “Ministério Flordelis”, não desfrutava da aprovação de Deus. Por isso é que a referida igreja jamais produzia fruto verdadeiro, em face de terem colocado as regras humanas ao mesmo nível dos mandamentos de Deus, dando às vezes a essas regras maior valor que os mandamentos Divinos; aqueles membros invalidaram a adoração a Deus, bem como qualquer graça que poderiam receber da parte do Senhor. Aquelas pessoas praticavam muitas coisas como jejum,orações, cuidado pela ornamentação da igreja.de modo geral mostravam um zelo extraordinário, mas tudo em vão, porque a essas atitudes faltava a aprovação de Deus. Por isso é que jamais produziu fruto Verdadeiro.

COMERCIANTES DE CRISTO, POIS DA RELIGIÃO FAZEM UM MEIO DE VIDA, DE GANHAR DINHEIRO, COMO SE FORA UM QUALQUER OUTRO NEGÓCIO.

2 Pedro 2.1: No passado apareceram falsos profetas no meio do povo, e assim também vão aparecer falsos mestres – pastores, bispos, apóstolos etc. – entre nós cristãos. Eles ensinarão doutrinas destruidoras e falsas e rejeitarão o Mestre que os salvou. E isso fará com que caia sobre eles uma rápida destruição.

Não nos devemos surpreender se falsos mestres surgem no cristianismo; pois, que em qualquer época, a comunidade religiosa contará com elementos radicais e falsos, destruidores da fé e do bem estar espiritual. 

2 Pedro 2.2: Mesmo assim, muitos cristãos estão imitando a vida imoral deles, e por causa desses falsos mestres (pastoresbispos etc,) muitas pessoas estão falando mal do caminho da verdade.

Na vida do crente, a santidade deve ser algo mais do que simplesmente estar escrito, ou seja, envolve mais do que decreto divino que nos declara santos em Cristo. Não é só estar escrito! Deve-se tornar uma realidade vivida diariamente. Os trechos de Romanos 3-21-22: mostra que o crente deve vir a participar da própria santidade de Deus. E isso não é simples ideal teológico; é necessário que se torne uma realidade na vida do crente.

Por essa razão é que o Senhor Jesus ordenou-nos ser santos como é Santo o nosso Pai Celestial em Mateus 5.48: De fato não pode haver salvação sem santidade conforme Hebreus 12.14: “... muitas pessoas estão falando mal do caminho da verdade...”.Do caminho adotado pela religião cristã, que entre os pagãos têm uma péssima fama, não despertando confiança nem credibilidade! Terrível falar, mas é o que acontece. A igreja está tornando-se um lugar de ir e vir de pessoas sem identidade moral; principalmente em sua liderança que se afasta da espiritualidade, dando atenção maior às realidades mundanas, no caso da igreja mencionada nesta mensagem, que não é tão diferente de outros templos cristãos.

Não reine, a maldade em vosso corpo mortal, para obedecer a sua vontade.

O homem remido descobre fatalmente que o seu corpo é o templo do Espírito de Deus, e, desse modo, os poderes da maldade são repelidos, não podendo penetrar neste corpo que já possui um Senhor. 1 João 4.4:b: “porque aquele que está em você é maior do que aquele que está no mundo”. Por essa razão somos estimulados pelo Senhor, a oferecermos os nossos membros como “armas” postas ao serviço da justiça, oferecendo-os a Deus. Não vivais a oferecer a vós mesmos ou os vossos membros, à iniquidade, para a prática de crimes. “Aquele que faz maldades, prejudica a si mesmo ou a seu próximo, mas sempre ofende a Deus”. Calvino. Romanos 6.14: Nunca mais o pecado precisa voltar a ser-lhes senhor, pois agora vocês não estão mais amarrados à lei com que o pecado os escravizava, mas livres sob a compaixão e misericórdia de Deus.

Gnóstico - Dicio, Dicionário Online de Português

https://www.dicio.com.br/gnostico. Significado de Gnóstico. Adeptos do gnosticismo, movimento religioso que mescla aspectos do cristianismo convencional, misticismo e especulação filosófica, sendo o conhecimento obtido tendo em conta as verdades divinas, por oposição à matéria. Relativo ao gnosticismo ou à gnose: ritual gnóstico.

“... e por causa desses falsos pastores muitas pessoas vão falar mal das igrejas cristãs...”.R.N. Champlin comenta: A salvação pode ser comparada a uma corrente com vários elos. Acha o homem em qualquer lamaçal onde ele se encontra submerso; desce a qualquer nível de depravação. É nesse ponto em que o indivíduo pode começar a confiar em Cristo, alcançando a Conversão. Porém, a corrente de ouro da salvação não nos abandona ali e nem simplesmente declara que somos santos, se de fato não o somos. Pelo contrário o homem sai das garras do diabo e segura firme o elo da santificação. Por intermédio disso ele é levado até a glorificação, ao elo da corrente de ouro que atinge a realidade final, aos lugares celestiais conforme Efésios 1.3: pela nossa união com Cristo Jesus. Sem esse elo da santificação interrompe-se a corrente e a salvação não pode tornar-se realidade. Exatamente nesse ponto é que os gnósticos tanto falham: transformam santidade cristã em licenciosidade: imaginam que toda forma de depravação corporal ajudaria a destruir o corpo; eles pensam que o corpo físico é a sede do pecado, por participar da matéria, o princípio pecaminoso. Daí julgam que uma pessoa pode abusar de seu corpo mediante sérias depravações, especialmente de natureza sexual, sem que a pessoa interior em nada fosse prejudicada. Portanto os gnósticos não entendem que tanto aalma, o espírito, o corpo são santos, e que serão finalmente remidos: Meditem em 1 Coríntios 15:20,35,40: Portanto, os trechos de Romanos 12.1-2: manifesta-nos  que a santidade como realidade espiritual será obtida mediante a apresentação do corpo a Deus, como um sacrifício vivo. O que sucede ao sistema gnóstico é que a antiga ética pagã veio a ser aceita como prática oficial, através dessa distorção teológica. O vício e o pecado se tornaram a prática oficial e, mediante argumentos falsos, que só confunde contradiz que a depravação ajuda na destruição do corpo, o que é recomendável. Os gnósticos haviam desistido da batalha moral, tendo se afastado da santificação cristã. Esses falsos mestres pastores, bispos etc. incluem em suas doutrinas que a depravação sexual é benéfica para o progresso espiritual do indivíduo. Esses falsos mestres, pastores etc. estão a difamar a ética cristã e sua doutrina de santidade. Os de fora da cristandade, e até os autênticos cristãos, contemplando a certas igrejas a conduzir-se como um bordel e seus líderes agindo como se fossem os gerentes do mesmo, haverá de zombar do caminho cristão, e com razão. Comparar também com 2 Coríntios 6.3: onde o Espírito de Deus exorta os líderes da igreja a terem cuidado com sua conduta, para não ser censurado o ministério. Fazem-se parte da igreja, e especialmente se ocuparem posição de liderança, o que fazem afeta a avaliação de outras pessoas acerca de Cristo e da Fé que Ele ensinou. Somos os únicos representantes de Cristo com que algumas pessoas aceitam e confiam. Eles o julgam com sua fé, por nosso intermédio, e, de nada adianta dizer “não deveria ser assim”, esse é um fato inegável que não se pode mudar. Os gnósticos exageram e pervertem a doutrina cristã da liberdade, acerca de questões indiferentes, transformando-a em libertinagem: Ver Col.2.4-23:

2 Pedro 2.3:Esses mestres, em sua ganância, dirão qualquer coisa para se apossarem do dinheiro de vocês. Mas Deus já os condenou há muito tempo e a destruição deles está caminho. Os falsos Bispos, pastores, etc. se utilizam da religião para obterem vantagens financeiras. Aproveitam-se dos sentimentos religiosos de outros a fim de promoverem seu próprio enriquecimento. Jesus repreendeu os líderes religiosos do judaísmo, devido ao hábito de roubarem as casas das viúvas. Obtinham as propriedades das viúvas por meios ilegais, ou então as encorajavam a doarem as mesmas ao templo; e daí, o passo era bem curto, até cair tudo nas mãos deles: Ver Mateus 23.14: Quantos aos líderes das igrejas evangélicas de nossos dias tiram proveito dos sentimentos de mulheres idosas e as encorajam a lembrarem da igreja em seus testamentos, assim furtando a família dessas viúvas. Outros se têm enriquecido através de campanhas de evangelização e de curas, que atraem milhares de pessoas. Os falsos mestres, pastores, bispos tiram bom proveito de suas atividades religiosas, se envolvendo na comercialização da fé cristã. Eles desejamsatisfazer seus desejos físicos; cobiçam por dinheiro. A doutrina gnóstica, que parecia tão boa e atrativa, uma vez apanhada a atenção dos símplices, para os falsos pastores os transformava em um meio de vida, em uma fonte de ganhar dinheiro ilicitamente. Os falsos pastores exploram o sexo e as aventuras financeiras; explorando o corpo das mulheres que de nada “suspeitam”; como exploradores financeiros dos discípulos que faziam. Não admira que epístolas como de Colossenses, I e 2 Timóteo, Tito, Judas, e as três epístolas de João tivessem sido escritas contra tais homens. É triste situação quando homens “ditos” espirituais tornam-se comerciantes, e não profetas. Peço ao leitor dessa Mensagem que releia com bastante atenção no caso noticiado pela Delegacia de Homicídios- RJ, acima,que se passou na “igreja Ministério Flordelis”, para um melhor entendimento do que está escrito por Deus em Sua Palavra. Não faça parte de igrejas que não passam de fachada para esse tipo de imunda espiritualidade projetada pelo Diabo e demônios atuantes em todas as situações desse tipo. 

“... para eles, o juízo lavrado há longo tempo não tarda...”

Isso concorda com outras passagens bíblicas descrevendoo pecado como algo que se acumula, envolvendo uma condenação necessária, até que o cálice encha e transborde na forma de um severo e final julgamento Ver Romanos 2.5: em sua expressão ‘... ajuntas contra ti mesmo ira para o dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus. A acumulação do pecado não pode resultar em julgamento “tardio”. A ira não se contém e ferve, até que resulta julgamento. O juízo é representado como algo vivo, desperto e espera em observação. Desde há muito o juízo já deu início à sua carreira, em sua vereda destruidora; e a sorte dos anjos que caíram, o dilúvio, e a destruição de Sodoma e Gomorra são apenas ilustrações que acontecem de forma imprevisível de seu poder; e desde então não se tem mostrado tardio. Continua avançando, forte e vigilante como que saltou da vontade de Deus, e não deixará de atingir o alvo que lhe foi apontado. O juízo foi proferido desde a antiguidade caso de muitos pecadores similares; não é letra morta, também sobrevirá prontamente a essas pessoas em questão na Mensagem.

O presente versículo ensina, como o N.T. o faz por toda a parte, que o julgamento terá lugar quando da “parousia” ou segundo advento de Cristo, e não quando da morte  física do indivíduo, embora, sem dúvida, algumas formas de julgamento se verifiquem no mundo intermediário, tal como sucede até mesmo neste mundo.A justiça é inevitável. A demora aparente não é prova de que a justiça foi esquecida neste mundo. Precisamos esperar por uma justiça eventual, que terá retribuição ou galardão.

Mateus 7.21-23: "Nem todos os que falam como gente cristã são realmente cristãos. Tais pessoas podem referir-se a Mim como 'Senhor', porém apesar disso não entrarão no céu. Porque a questão decisiva é se elas obedecem ao meu Pai do céu ou não". No juízo muitos Me dirão: 'Senhor, Senhor, nós falamos aos outros a seu respeito, e usamos o seu nome para expulsar demônios, ofertamos os dízimos, jejuávamos, participandoe fazendo muitos outros milagres'". Mas, Jesus  responde: Vocês nunca foram meus servos, apesar de frequentarem “igrejas”. Vão embora porque as suas obras são de origem malígina, não procuraram a Verdadee nem vivenciaram o Evangelho.

O Senhor Jesus afirma: Não é toda pessoa que me chama Senhor, Senhor que entrará no Reino dos Céus, mas somente quem faz a vontade do Meu Pai que está no Céu. Muitas igrejas são dirigidas por falsos pastores, falsos bispos, falsos mestres, assim, o Espírito Santo não podeparticipar da vida desses crentes, por sua vez esses “crentes” são omissos à sua espiritualidade, acreditam em tudo que ouvem.   Não tratem com desprezo as escrituras, mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom. (1Tessalonicenses 5:20-22).

Precisamos tomar cuidado com aqueles que defendem a vida errada, ensinando doutrinas pervertidas, encorajando os homens a aceitarem e viverem uma vida tão somente humana, ou seja, voltada pararealidades deste mundo corrompido.

O Senhor Jesus não nega que grandes obras não possam ser feitas, pois tais atos e milagres podem ser feitos pelo poder de demônios, que também são seres espirituais. A grande lição é que o poder e o sucesso que o mundo vê não serve de critério legítimo sobre o conhecimento que alguém tem de Cristo, e nem mesmo da reação que mantém com Ele.

Mateus 24.24-25: Porque surgirão falsos cristos (anticristos) e falsos profetas, fazendo tão grandes sinais, prodígios e milagres que, se possível for, enganarão até os escolhidos.
25: Jesus está nos dizendo tudo isso, pois está acontecendo!
É possívelque alguém realize milagres curas, preveja futuro, expulse demônios, e, no entanto, apesar de todas essas realidades possíveis a certos homens, não estejam fazendo a vontade de Deus, através do Evangelho de Cristo, e sim dando ouvidos fazendo a vontade de espíritos enganadores, e a doutrina de demônios; ora isso é plenamente possível, pois da mesma forma a existência do Reino de Deus Mateus 3.2: da mesma forma a existência do reino das trevas. Efésios 6.12: Ora, nós somos filhos de Deus, fazemos a vontade da Palavra de Deus: aqueles que não são de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o Espírito da Verdade e os espíritos malignos do erro, cujos caminhos levam as pessoas à morte espiritual. Uma questão de escolha pessoal. Repetindo! Os falsos profetas fizeram e fazem ainda hoje, dentro de certas igrejas cristãs, falsos milagres.  Geralmente, entre os homens, o ato milagroso automaticamente serve de prova da presença da mão de Deus, mas Jesus declara que tais coisas podem estar fora da vontade de Deus. Acredite! Senhor, Senhor. Notemos que os que assim falam são “cristãos”, isto é, chamam a Cristo de Senhor: falam como cristãos, agem como cristãos, “pastores ditos cristãos” curam, reconhecem que Cristo é o Senhor, mas a realidade é que Jesus não é Senhor deles. Será Possível que alguém chame a Cristo de Senhor, ao mesmo tempo trabalhando essas realidades pelo poder dos demônios? Claro que Sim! A cautela que precisamos exerceré enorme. Devemos ter cuidadoem distinguir entre homens e grupos que usam o Nome de Cristo aparentemente e com a Bíblia nas mãos, “adorando” Jesus, mas, ao mesmo tempo não são cristãos verdadeiros! Não será desta forma que as pessoas serão salvas entrando no Reino de Deus.

JOÃO 3.12,13,16,18,19,20,21:

“Se vocês não creem quando falo das realidades deste mundo como vão crer se Cristo, que desceu dos Céus, falar das regras do Reino de Deus”?

Ora, ninguém de vocês subiu ao Céu, senão o que desceu do Céu, o filho do homem, que está no Céu. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único filho, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Quem crê Nele, e pratica a sua obra, não é condenado; mas quem não crê já está condenado (um pecado gravíssimo) porque não crê no Nome do Unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: que a Luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a Luz: Por quê? As suas obras são malignas. Porque toda pessoa que faz e tem prazer no mal aborrece a Luz, e não vem para a Luz para que suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a Verdade vem para a Luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas,porque são feitas em Deus.

Mateus 7.22: Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitos milagres?

Na expressão MUITOS há uma advertênciadada pelo Senhor Jesus manifestada neste versículo, querendo dizer que muitas pessoas estão sendo enganadas, e isso dentro de certas igrejas cristãs.  Mas, quem dará crédito ao que falamos? Poucos muitos poucos. Os cristãos se habituaram a acreditar nos seus pastores humanos, que nem mesmo as suas Bíblias são abertas; o que é pregado é aceito. Vai de cada pessoa entender o que o Senhor Jesus está falando!A existência dos falsos pastores, bispos etc. e de seus discípulos realizando todos os tipos de milagres em o Nome de Cristo, não é um fenômeno isolado. MUITOS MILAGRES: São palavras que mostram que o argumento dessas pessoas está baseado em três padrões de conduta: O exercício das profecias. A expulsão de demônio e, inúmeros milagres. Todos os três pontos, como o versículo aponta, demonstram que está havendo imitação dos poderes de Cristo e de seus verdadeiros discípulos.  Mas todos juntos, não provam a presença e aprovação de Deus. Tudo pode ser simples imitação. Hoje, assistindo os cultos das igrejas, podemos compreender essas afirmativas do Senhor Jesus: há uma “oferta” de ritos, rotina, trabalhos para se chegar a Deus(1 Timóteo 2.5:) como a compra deágua especial tirada de algum lugar santo; areia, pedras, madeira e o que mais de criativo for inventado para ajudar no comércio de coisas sem valor espiritual. Há uma inspiração diabólica por detrás dessas realidades nas igrejas que praticam esses rituais. Mateus 7.23: Então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci, apartai-vos de mim, vocês que praticais a iniquidade.

“...lhes direi abertamente...”. Palavras que fazem a diferença com as palavras proferidas pelos falsos discípulos, que tanto falam de seus trabalhos, seus milagres. As palavras de Jesus, baseadas na compreensão verdadeira da situação, mostram a verdadeira condição desses indivíduos. Jesus não nega a realidade das obras deles, mas demonstra que não é Deus, proclamando abertamente, ou seja, Cristo revela totalmente, cabendo aos senhores cristãos seguirem seu Evangelho. O trecho de Mateus 10.32: diz: “Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também Eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos Céus”. “...Nunca vos conheci...”. A ideia não é que houve um contato com Deus que depois foi interrompido, ou que essecontato foi fraco, e, sim, que apesar das palavras e obras desses indivíduos, tal contato jamais existiu. Esses falsos discípulos nunca tiveram contato algum com Cristo. Jesus nunca os conheceu como amigos ou discípulos verdadeiros. Afirmavam fazer tudo em Nome de Cristo, mas em realidade praticavam a iniquidade.

"... apartai-vos de mim...”. Resultado final duma vida de renúncia ao Reino dos Céus, à sua própria salvação, era tão somente Ouvir Praticar o Evangelho de Cristo; porém, davam ouvidos às pregações dos falsos pastores, falsos bispos, falsos profetas! Então? É o que “vocês” discípulos falsos fingiam fazer! E é isso que os discípulos autênticos devem fazer. Não despreze as advertências de Cristo!Ver Tiago 1.22-25: E lembrem-se: esta mensagem é para obedecer, e não apenas para ouvir. Portanto, não se enganem:

CRISTÃO PRUDENTE: Por onde você tem andado – sua espiritualidade! O que você tem feito a respeito? O arrependimento após essa vida será de desgosto de lamentação do que aqui deixastes de fazer pensando que estivesse fazendo! O homem sem bom senso se deixa impressionar pelo terreno nivelado, sem rochas, que não precise de reparos, como se já tivesse pronto para receber a construção. Mas a areia é triçoeira. Em contraste, o prudente pensaria no futuro, nos ventos, nas inundações; escolheria um terreno pedregoso, apesar de tal terreno precisar de muito preparo e trabalho, para que a casa começasse a ser construída. Esse cristão prudente simboliza os que ouvem e praticam os ensinos de Jesus – não faltaria a tal homem as tempestades e os períodos de dificuldades, mas no fim o resultado justificaria sua decisão de escolha do terreno. Esse é o homem que considera bem o ensino, aprende e torna regra em sua vida (com os olhos voltados para a continuação de sua vida, após essa sua vida terrena). Sua casa não visava a ostentação, mas tinha por finalidade  ficar firme em meio às tempestades. A casa é o símbolo de vida desse cristão. A vida deve ser construída, vivida com bom senso, considerando o futuro e não apenas o presente, e sempre de acordo com os princípios ditado na Bíblia, por Aquele que Dá a Vida e a Sustenta. A sua vida física deve ser usada para obter e desenvolver a sua vida eterna; não se veja através das janelas deste mundo: por estarmos unidos com Cristo Jesus, Deus nos ressuscitou com Ele (Cristo) para reinarmos também com Ele no mundo celestial: Medite 2 Coríntios 5.1-10: versão NTLH e começe a planejar teu futuro, pois, isso é viver com inteligência.

ADVERTÊNCIAS DE JESUS

Mateus 7.13-14: Entrem pela porta estreita porque a porta larga e o caminho fácil levam para o inferno, e há muitas pessoas que andam por esse caminho. A porta estreita e o caminho difícil levam as pessoas para a eternidade, vida após esta vida, e poucas pessoas encontram esse caminho!

“... ENTRAI PELA PORTA...”. Implica na decisão seguir certa maneira de viver, que o indivíduo começaria a fazer ao entrar num edifício ou cidade; seria a ação de entrar para cumprir certos propósitos. “ O CAMINHO...”. Apertado ou espaçoso implica numa maneira de viver o caráter geral da vida. Quando entramos num caminho começamos a andar para chegarmos a certo destino. Depois de tomar a decisão de iniciar num determinado tipo de vida, ou seja, depois de entrar pela porta, a pessoa é obrigada a fazer viagem da vida pelo caminho escolhido.

“... CAMINHO ESPAÇOSO...”. O caminho do mundo, dos incrédulos, daqueles que não são discípulos do Reino de Deus, é fácil de ser percorrido, pois tem muito espaço para receber muitos tipos de pessoas, com inúmeras ideias diferentes sobre os alvos e valores da vida. As multidões podem percorrer facilmente por esse caminho. “Perdição”. É o destino final desse caminho. A palavra inclui a ideia de desperdício, de perda, não de extinguir a existência. A perda é destino apontado para o ser humano incrédulo, e essa perda é a da não conformidade à imagem do Filho de Deus, Jesus Cristo. O plano de Deus é duplicar a pessoa do Filho, criando seres mais elevados do que os anjos, em inteligência e poder, dando oportunidade de serviço aos homens crentes, que serão transformados

detal maneira que nem podemos imaginar como será participar na divindade:

2 Pedro 1.4: Pelas quais Deus nos tem dado grandiosas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes  da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pelos desejos desmedidos que há no mundo, acabam prejudicando as demais pessoas. O homem que entra no caminho espaçoso perde esse destino. (Meditou na alma?) “... APERTADO O CAMINHO...”. O caminho que guia a Vida passa por lugares difíceis, entre as rochas, como um caminho no desfiladeiro, nas montanhas; e, por mais apertado que seja esse caminho não impede a caminhada dos que viajam por ele, porque poucas são as pessoas que andam nele, há bastante espaço. É apertado porque somente aqueles que ouvem e praticam ensinamentos de Jesus podem entrar nele; entende-se porque esse caminho conta com tão poucos viajantes quando considerarmos certas realidades ditas por Jesus, como por exemplo: amai os vossos inimigos – não resistais ao perverso – sedes vós perfeito como perfeito é o vosso Pai celeste – não sereis como os hipócritas – não acumuleis para vós tesouros sobre a terra... mas ajuntai para vós tesouros no céu – não andeis ansiosos pela vossa vida – buscai em primeiro lugar o Reino e Deus e sua justiça – não julgueis – e outras condições espirituais que cristãos teimam não aceitar.

“... VIDA...”. A Vida, portanto, não consiste apenas na existência física, mas de determinado tipo de vida espiritual de que todos os indivíduos participam, em virtude da alma eterna de cada um. A Vida começa em Deus, continua em Deus e tem como alvo a Deus e a Cristo, que é o Senhor da Vida. A Vida só é autêntica em Cristo quando sofre transformações à imagem Dele, Cristo, participando da vida eterna outorgada por Ele, a nova criação que terá seu clímax quando os seres humanos se tornarem superiores aos anjos, investidos de maior poder, domínio, inteligência e capacidade, a fim de ser motivo de maior glória ao Nome de Deus, como os mais elevados instrumentos de Deus, para alcançar esse alvo. Essa é a razão mesma da criação, a razão do ministério de Cristo, a razão do milênio e a razão da eternidade: a transformação do ser humano, preparando-o para ser semelhante a Cristo e para realizar as obras de Cristo na Eternidade. Isso é Vida. Poucos encontrarão esse destina e essa vida na eternidade.

REALIDADES ESPIRITUAIS

A LEI DA SEMEADURA E DA COLHEITA

O sistema da Graça – Fé não elimina e nem contradiz a Lei Universal da colheita segundo a semeadura. Então, uma pessoa recebe o que tiver feito de bom ou de mau. Existe certo aspecto da verdade, nessa ideia, que tem sido negligenciado pela igreja evangélica. Geralmente crentes não compreendem que um pecado cometido, ou seja, a maldade, a perversidade praticada, embora seja perdoado pelo Senhor, ainda assim deve ter efeitos malignos. Isto se deu na vida de Davi, o qual apesar de haver sido perdoado, viu muitas tristezas e tribulações que resultaram das consequências posteriores de seu pecado. Assim também, até mesmo para além do sepulcro, até mesmo no caso dos salvos, dos remidos, os pecados produzem efeitos debilitadores, com consequências funestas, capazes de provocar a morte. Apesar de que isso não condena o ser espiritual dum crente à perdição; mas devasta sem dúvida uma maior glória possível, sofrendo perdas, embora essa pessoa possa ser salva.

Gálatas 6.7: Não se enganem: ninguém zomba de Deus, o que uma pessoa plantar é isso mesmo que colherá.

O QUE VOCÊ DEVE ESPERAR DAS CARACTERÍSTICAS DESSA LEI:

a- Ela não é contrária ao princípio da graça. De fato, a graça a requer: aquele a quem muito é dado, muito é requerido. A graça nos confere os meios para colhermos uma abundante safra espiritual.b- Essa lei regulamenta a liberdade cristã e nosso relacionamento com os crentes mais fracos. Ninguém pode servir a si mesmo, exibindo seus direitos, e esperar ter uma boa colheita. c- Ela tem vinculação com o tribunal de Cristo: ver 2 Coríntios 5.10: d- Ela se relaciona com as recompensas e as coroas: ver 2 Timóteo 4.8: e- Ela não permitea ideia de estagnação espiritual. Quando entrarmos no estado eterno, de conformidade com aquilo que tivermos feito, receberemos certo nível de glorificação. Todavia, esse estado estará permanentemente sujeito a aprimoramento, pois todos os eleitos terão toda a plenitude de Deus, pois do contrário, o corpo de Cristo seria enfermo e imaturo, o que significa que a glória de Cristo seria diminuída.

Efésio 3.19: que tua ida para os céus estejais cheios da plenitude de Deus.
O julgamento será de conformidade com as obras dos homens. Sempre é declarado no caso dos crentes e incrédulos igualmente, que os homens serão julgados de acordo com as suas obras. Isso faz parte da lei universal da colheita segundo a semeadura. A própria natureza da liberdade, conforme N.T. manifesta pra essas realidades, mostra que é preciso ela envolver uma correta moralidade, porque se ela chegar a ser perdida, o indivíduo imediatamente será reduzido à posição de escravo do pecado, de Satanás e do próprio “eu”. Seria realmente de estranhar que, no mundo espiritual, certas leis não funcionassem. Deus nos mostra duas dessas leis espirituais: um homem será julgado segundo as suas obras; e um homem colherá aquilo que semear. As leis morais servem
de prova tanto da existência de Deus como existência da alma.
É óbvio que, nesta esfera terrena a justiça nem sempre é feita, que a recompensa nem sempre é recebida. Então, deve haver uma esfera, além da morte física, onde a justiça impere. Deve haver um Juiz, dotado de capacidade e poder suficientes, bem como inteligente, capaz de fazer os homens receberem a retribuição positiva ou negativa, segundo suas obras boas ou más, respectivamente. Ora, Deus é exatamente essa Pessoa. Além disso, deve haver aqueles que receberão a recompensa ou o castigo; pois em caso contrário, o mundo será um autêntico caos, Ora, a imortalidade garante isso. Todo ser humano sobrevive à morte física, estando sujeito ao castigo ou à recompensa eterna. A lei moral garante a imortalidade. E somente essa verdade concorda com a razão e a intuição, para nada dizermos sobre a revelação divina. Essa é uma verdade tremenda, à qual devemos dar cuidadosa atenção, visto que todo o nosso bem-estar depende dela. Cada dia que amanhece é uma nova oportunidade de semearmos o bem, assim como de recolhermos o bem-estar. Por semelhante modo, cada dia pode ser desastroso para nós, pois podemos estar fazendo aquela espécie de semeadura que nos prejudicará eternamente. A vida assim não é nenhum jogo. Antes, é uma questão seríssima, com regras fixas sérias, às quais todos nós precisamos nos ajustar. Não seria o caso de você meditar em sua vida terrena! Pense em uma nova vida, após essa sua vida. Ah, sim a tua igreja prega a morte de todo seu ser, que não existe imortalidade, bem as Palavras de Deus diz o contrário, mas você acredita nos teus falsos pastores, então que Deus tenha misericórdia de tua vida. Em frente. O que se conclui do ponto anterior é que a Vida não é um jogo, porquanto existem leis e regras bem definidas que controlam toda a existência. E o resultado não depende de meras chances; antes, quaisquer que sejam os resultados tudo será em consequência do que fazemos e daquilo em que nos tornamos. Não, a vida não é um jogo. Pelo contrário é um investimento. Algumas pessoas se arriscam durante a vida inteira como se fossem viciadas no jogo. Consideremos, nesse particular, a parábola dos talentos, em Mateus 25.14-30:

Um homem recebeu cinco talentos, e não foi jogar com os mesmos, mas antes, investiu-os, rendendo dividendos, ganhando o dobro do que tinha. Outro homem recebeu dois talentos, não se pôs a jogar; antes investiu a importância de que fora encarregado; e o seu investimento mostrou-se frutífero, porque dobrou os seus recursos. Um terceiro homem, porém, que recebera apenas um talento, resolveu não investi-lo. Simplesmente guardou-o em lugar oculto, mas isso era contrário à confiança que seu Senhor depositara nele. Sabia que erahomem severo e exigente, no entanto resolveu jogar com a possibilidade que, de alguma maneira, embora estivesse fazendo o que sabia que desagradava ao seu senhor, haveria de pelo menos não perder seu talento. E sua esperança era de que seu senhor fosse não justo, mas, de alguma forma, tolerante, agindo de maneira contrária a toda a justiça. Porém, seu jogo e aposta falharam. Seu Senhor ficou muito indignado contra ele e lhe tirou seu único talento; e um severo castigo foi o que aquele homem recebeu.  O Senhor daqueles três homens não se deixou zombar. O servo desviado e infiel não pôde modificar as regras. Assim sucede com todos os homens em toda parte, em todo mundo; todas as pessoas recebem um depósito sagrado, uma missão inigualável a cumprir, nessa sua vida terrena e por toda a eternidade. Cada ser humano será chamado a prestar contas exatas de como ele usou ou abusou de seu elevado privilégio de possuir vida, até mesmo vida eterna. Muito preocupa a apostasia atual, sem igual em todas as eras cristãs. 1 Timóteo 4.1: O Espírito de Deus nos diz claramente, que nos últimos tempos, (nossos tempos) haveria o abandono da Fé, apostasia. Os crentes passariam a dar atenção a espíritos enganadores e a ensinamentos que vêm de demônios. Tenho notado certa complacência cristã aceitandoensinamentos que são pregadas nos cultos de suas igrejas, que não estão contidos na Palavra de Deus. Nem mesmo essa “igreja cristã” sabe até que ponto essa apostasia tem se tornado rotina em seus cultos. Porém, devem saber, desde já, que o fato de estarem se voltando para os falsos mestres e suas doutrina errôneas só poderá ser-lhes prejudicial, e que terão de colher uma safra amarga. Queria eu que não se enganassem a si mesmos, e nem fossem iludidos por falsos mestres. Faz extraordinária diferença aquilo em que alguém acredita, pois isso é capaz determinar o que alguém faz de sua espiritualidade. Muitos dos atuais crentes estão negligenciando o diligente ministério de ensino do Senhor Jesus Cristo; e isso não pode fazer sem se prejudicarem, porquanto Ele é o Filho de Deus a nós enviados, e temos a responsabilidade de dar atenção à sua Mensagem. Glória a Deus em Cristo Jesus. Efésios 5.20: “... não se enganem...”Gálatas 6.7: O engano que os crentes estão se ocupando é tanto autoprovocado como são induzidos por falsos espíritos. Permitem que os falsos pastores os enganem, e eles mesmos permitem, propositadamente, que os seus sentidos fiquem cegos, o que os levam a se desviarem do caminho de Cristo. 

“... ninguém zomba de Deus...”. Ignorar. Trata-se de uma tentativa de ser mais esperto que Deus, de escapar da punição natural e necessária por motivo dessa forma de agir. A colheita é certa e exatamente de acordo com a semeadura. Ninguém pode usar de desonestidade com Deus, porquanto Ele conhece todos os pensamentos e intuitos do homem interior. Zombar de Deus é ato que só existe, realmente, na intenção do homem. Na realidade, ninguém pode zombar do Senhor. Não existe tal situação.

Gálatas 6.8: Porque quem semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas quem semeia no seu espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. ARC: Se plantar no terreno da sua natureza humana, desse terreno colherá morte espiritual; porém se plantar no terreno do Espírito de Deus, desse terreno colherá a vida eterna.

As palavras “... o que semeia para sua própria carne...”. Indica o tipo de vida vivenciada para as obras da carne, cuja descrição tão clara aparece nos trechos de Gálatas 5.19-21: em contraste com a vida vivida para o Espírito de Deus, com a participação nos muitos aspectos de seu fruto ver Gálatas 5.22-23: Essas são as duas principais maneiras de viver; e cada qual é considerada aqui como uma semeadura, que produz uma inevitável colheita de acordo com a sua espécie. A semente cai na terra e se multiplica por muitas vezes. A colheita consiste na multiplicação da mesma semente que foi lançada em terra. O corpo humano está sujeito à decadência, motivo por que é excelente ilustração dessas questões.

“... carne...”. No N.T. carne jamais é considerada má por si mesma; porém com frequência, o corpo literal do indivíduo é encarado como presa fácil e veículo dos impulsos pecaminosos. A carne é considerada, dentro do contexto exposto, como o solo –o terreno– onde a semente é lançada, dando a entender o corpo controlado pelo mal; as meras qualidades físicas, terrenas, e os alvos dessa natureza. Tal homem que semeia “... para a sua própria carne...”. Isto é para si mesmo. Assim, o egoísmo é destacado como um forte elemento nesse tipo de semeadura da vida. O fato que o corpo físico é mortal, se corrompe e morre, acrescenta uma vívida peça à ilustração narrada. Se alguém tiver uma vida dessa maneira, a sua colheita final só poderá ser a corrupção. Tal homem mergulhará em um poço corrupto. “... corrupção...”. A morte física é aqui ilustrada, sendo destacada a colheita espiritual degradada que uma pessoa inevitavelmente terá de colher, se porventura investir sua vida diária na carne, por viver para a carne. “... para o espírito (humano...)”. Em contraste com o corpo físico, o espírito sobrevive à morte física e é elevado a níveis mais altos da existência. O espírito humano não está sujeito à decadência, conforme sucede ao corpo físico; o homem deve viver para sua natureza espiritual, investindo sua vida nessa porção, e não na carne. “... Vida Eterna...”. Consideremos estes dois pontos: 1. Significa vida interminável; e, 2. Mas

também significa uma espécie de vida. Trata-se daquela forma de vida que pertence aos lugares celestiais, e, particularmente ainda, que compartilha da própria forma da Vida de Deus Pai; e assim os remidos serão pessoas de elevadíssima estatura a ponto de serem capazes de participar da divindade. –Ver João 5.25, 26 e 6.57: pois esse conceito de compartilhar da vida necessária e independente de Deus é comentada nessas passagens. Possuir a Vida Eterna é estar sendo transformado em um ser da mesma natureza de Cristo, compartilhando de sua forma de vida e de sua herança. Consiste em tornar-se o crente tudo aquilo que Cristo é, e, de possuir tudo aquilo que Ele tem. Consiste estar sendo transformado segundo a imagem, por etapas, de glória em glória, mediante atuação íntima do Espírito Santo.

Oséias 4.6:O meu povo é destruído porque não me conhece, e a culpa é toda de vocês, pastores, ministros, profetas porque se recusam a me conhecer. Por isso Eu não os reconhecerei como meus enviados; já que se esqueceram demeus mandamentos.

Romanos 8.14: Porque todos os mensageiros, que são dirigidos pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.

RJ, 02/11/2020.


Ganhe o livro abaixo, como doação, remetendo para nossa Caixa dos Correios, 3 (três) cartas escritas por cristãos querendo fazer parte de nossos estudos bíblicos: Atos 16.30-31: “o que devo fazer para ser salvo? Crer no Jesus, e serás salvo, tu e a tua casa.

Ganhe uma Bíblia Simples NTLH

Remetendo para nossa Caixa dos Correios uma simples carta contendo nomes de 5 (cinco) pessoas que queiram se tornar um cristão bem sucedido. Não cobramos quaisquer valores para ensinar-lhes o que é necessário fazer, de acordo com a Palavra de Deus.
- Primeiro: estarem dispostas a receberem a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador.
- Segundo: que a carta seja individual.
- Terceiro: Nome e endereço completo com CEP atualizado.
- Quarto: Não existem mágicas, dependerá dela mesma. As pessoas receberão estudos que estarão de acordo com a Palavra de Deus. A Bíblia. 

Semeando a Palavra de Deus.

Caixa Postal 30003 – Cascadura - RJ

www.semeandoapalavradedeus.com

[email protected]